Jornada Scania
Utilizamos apenas os cookies do Google Analytics para analisar nosso tráfego. Ao clicar em "Aceito", você concorda em dar seu consentimento para que todos os cookies sejam usados e as informações sejam compartilhadas com o Google Analytics.







[ Soluções de Transporte ] -- 15/02/2022
[ Texto: Simone Leticia Vieira / Foto: Scania ]
Veículo recreativo, motocasa, trailer, autocaravana, truck home. Ele pode ter muitos nomes, mas a verdade é uma só: todo motor home carrega consigo sonhos, sorrisos, famílias e muita história para contar. A que você conhecerá hoje é a da família Sebben, que a bordo de um Scania XT P 320 já realizou alguns sonhos Brasil afora.
Atire a primeira pedra quem nunca imaginou, quando criança ou mesmo durante a vida adulta, colocar rodinhas embaixo do chão da casa para poder levá-la para onde quiser. Um verdadeiro sonho, não é mesmo? Para a família Sebben, este foi um sonho que se tornou realidade.
João Paulo Sebben é o patriarca da família e proprietário do Scania XT P 320 4x2, transformado em um motor home - que não deixa a desejar quando comparado a uma casa, digamos, sem rodinhas no chão.
E, ao contrário do que muitos podem estar pensando, João Paulo não é transportador nem mesmo trabalha no setor: ele é arquiteto. A paixão por caminhões está no sangue, foi herdada do avô. “Sou arquiteto e minha esposa é advogada. Não temos relação com o transporte de cargas. Mas sempre adorei caminhão porque meu avô foi caminhoneiro. Como gostamos muito de ‘pegar estrada’, queríamos ter um caminhão e então surgiu a ideia de comprar o veículo para transformá-lo em um motor home e viajarmos em família”, conta João Paulo.
Feito sob medida
A compra do modelo foi feita em 2019, na Casa Scania Brasdiesel, em Caxias do Sul, cidade onde a família mora atualmente. Graças ao jeito Scania de produzir seus veículos, seguindo o conceito Tailor Made for Application (TMA), foi possível configurar o caminhão de acordo com o desejo da família. “Para o meu uso, eu precisava de um caminhão com entre eixos de tamanho diferente e balanço traseiro diferenciado. Não podia ter um veículo com mais do que 10 metros de comprimento. E a Scania foi a única que fez isso por mim. Eu nunca tinha visto esse modelo de atendimento e de produção
de um veículo pesado. Para mim, foi uma grande novidade e uma feliz surpresa. Nós fomos configurando o veículo junto com o consultor. Altura do chassi, para-choque de ferro... e quando vimos virou um pacote XT. E o meu sonho era ter um XT! Tanto que o próprio motor home foi feito nessa mesma identidade, com bagageiros mais altos, respeitando a altura do caminhão, os estepes foram para a parte de trás, algumas estruturas ficaram mais aparentes. Todo esse conjunto, incluindo o atendimento que recebemos na concessionária, fizeram toda a diferença, especialmente durante as nossas viagens. Em algumas cidades menores, por exemplo, se não fosse o caminhão ser um Scania XT não conseguiríamos passar pelos lugares que passamos em função da altura do veículo”, detalha João Paulo.
Depois de configurado e entregue, era hora de transformar o caminhão em uma verdadeira casa. Mas, em virtude da pandemia, os planos de reforma foram postergados, mas saíram do papel em grande estilo. “Em 2019 encomendei o caminhão. Mas por conta do momento que estamos vivendo, só em 2020 a reforma começou. Neste tempo pesquisamos diversas empresas para fazer essa adaptação e construir o nosso motor home. Até que descobrimos a Trailer Car e optamos por eles como parceiros. Eles desenvolveram o caminhão, foram seis meses de produção e em maio de 2021 recebemos o veículo pronto”, explica João Paulo.
Pé na estrada
De lá pra cá, a família já realizou algumas boas viagens a bordo de sua casa sobre rodas. A primeira delas foi para São Paulo e o interior do Paraná. “Passamos por muitos locais de belezas naturais, não buscamos muito estar em grandes centros. Ficamos passeando por 15 dias, entre Ponta Grossa, no Paraná, interior paranaense, São Paulo e divisa com Mato Grosso. Foi uma das nossas primeiras experiências, ainda estávamos conhecendo o caminhão e vivenciando um pouco deste universo de quem vive na estrada”, comenta João Paulo.
Junto com o casal, estavam os dois filhos, de três e cinco anos. “Para as crianças é uma experiência maravilhosa. É um bombardeio de vivências que eles não vão ter nunca em uma escola. Quando programamos uma viagem, eles logo falam: ‘vamos viajar de grandão!’, pois é assim que se referem ao nosso motor home. Então, são momentos que com certeza estão marcando a vida deles e que ficarão para sempre na memória”, destaca.
E o casal pensou até mesmo nos pequenos detalhes para acomodar bem as crianças durante os passeios. “Entre o banco do motorista e o do passageiro, instalamos mais dois bancos para que eles possam viajar ali, com a gente, e em segurança, é claro”, explica João Paulo.
Além desse diferencial, o motor home da família também possui sala, cozinha, dois quartos e banheiro. Outros elementos como placas solares, gerador de energia e caixa d’água também foram instalados para tornar as viagens seguras e confortáveis. “Sem contar que temos dois tanques, com cerca de 2 mil km de autonomia, colocamos também um tanque de Arla no bagageiro com capacidade para quase 200 litros, e incorporamos outros itens de conforto como aquecedor de cabine que pode ser acionado mesmo quando não estamos dentro do caminhão, bancos aquecidos para quando fizermos viagens para alguma região fria e sistema de pré-aquecimento do Arla, para citar alguns”, pontua.
O passeio mais recente foi em meados de 2021, quando a família foi conhecer Minas Gerais. “Eu tinha o desejo de conhecer o interior de Minas e regiões como a Serra da Canastra e arredores. Fizemos um tour de aproximadamente 20 dias apreciando a culinária, as belezas naturais e cidades menores. Passamos por Poços de Caldas, Capitólio, Ouro Preto, Serra da Canastra e chegamos até a ir a Campos do Jordão, em São Paulo. Depois retornamos para o Sul”, relata João Paulo.
Vivendo sonhos e experiências
Para ele, a liberdade de poder conhecer o que de melhor o lugar tem a oferecer traz também ainda mais união e diversão para a família. “O que mais nos encanta é a liberdade que esse estilo de viagem nos proporciona. Poder estar em locais onde não seria possível ficar nos abre um monte de portas e ter esse momento em família é muito bom. Fomos criados em cidade, vivemos dentro de um apartamento, então poder proporcionar essa vivência para a família, em especial para os nossos filhos, não tem preço”, conta.
As próximas viagens deste motor home Scania XT já têm destino certo. “Esse ano estamos planejando voltar para o Paraná e o Mato Grosso. Em abril devemos ir para Bonito e depois conhecer o Pantanal. Chegamos a pensar em ir até a Transpantaneira, mas talvez fique para uma próxima oportunidade. Estamos nos organizando para ir ao Jalapão em julho. Transitar lá com o caminhão pode ser um grande desafio. Nossa ideia é ir a Goiás, na região de Rio Quente, na sequência Chapada dos Veadeiros, depois Jalapão, retornando pela Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro, até chegar na nossa região. Serão entre 30 e 40 dias, talvez seja nossa maior experiência andando com o motor home”, projeta João Paulo. “E se a pandemia nos permitir, até o final do ano queremos também ir ao Ushuaia, que era a primeira viagem que faríamos, mas não deu e acabamos fazendo as rotas aqui no Brasil mesmo”, completa.
Os planos para logo mais são muitos. Os sonhos também. Sonhos que a Scania ajudou e ajuda a realizar a cada ronco do motor e a cada cidade visitada. “Gosto do caminhão, das viagens e acho que é essa liberdade que mais me encanta. E para ser sincero eu prefiro viajar com o caminhão a pegar estrada com meu carro”, conclui.
Confira as fotos feitas pela família durante as viagens com o motor home:

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333