Jornada Scania
Utilizamos apenas os cookies do Google Analytics para analisar nosso tráfego. Ao clicar em "Aceito", você concorda em dar seu consentimento para que todos os cookies sejam usados e as informações sejam compartilhadas com o Google Analytics.







[ Fazendo História ] -- 01/07/2022
[ Texto: 528 Comunicação Com Propósito / Fotos: Scania ]

Sustentar o futuro é nosso propósito

O segundo encontro da Semana da Paixão Scania reuniu três dos assuntos que os apaixonados por transporte gostam muito – e que, sabemos, andam de mãos dadas: inovação, sustentabilidade e futuro.
“Temos muito orgulho da nossa trajetória e hoje celebramos da melhor forma possível, reforçando os nossos compromissos com a descarbonização, investindo em pessoas e em projetos de vanguarda que ditarão os nossos próximos 65 anos. Somos apaixonados pelo desafio de deixar um legado para as próximas gerações. É o que nos move ontem, hoje e amanhã.” Foi assim que Christopher Podgorski, presidente e CEO da Scania Latin America, fez a abertura da segunda live da Semana da Paixão Scania.
O encontro teve como foco inovação e futuro, ressaltando a importância da sustentabilidade no transporte e a jornada da Scania junto de seus clientes para transformar o setor. E essa transformação já está acontecendo: são mais de 600 caminhões a gás vendidos no Brasil e ajudando a definir o novo presente e o futuro do transporte de cargas no país.
“Na Scania, acreditamos no tripé da sustentabilidade: ambiental, social e econômica. Falamos da eficiência energética, e um exemplo são os novos veículos NTG que já entregam 20% de economia de combustível. Também falamos do pilar transporte inteligente e seguro, que são as nossas tecnologias, aliadas à conectividade dos veículos, trazendo uma gestão mais eficiente. E fechamos o tripé com os combustíveis alternativos, sendo o gás uma das opções desse pilar. É claro que quando falamos do gás, sem dúvida temos desafios, como a infraestrutura, a distribuição, o abastecimento, os investimentos iniciais. Mas temos tido boas experiências nessa jornada e sabemos que é só o começo do que está por vir”, destacou Paulo Henrique Scarano, gerente de Vendas de Soluções de Transporte da Scania no Brasil.
Ao lado de Paulo Henrique, também participaram do primeiro painel Vanessa e Vinicius Pilz, diretora comercial e de ESG e CEO, respectivamente, da Reiter Log; Jefferson Gil Fernandes, diretor executivo de operações da L’Oreal; e Gabriel Kropz, presidente da Abiogás. Os convidados abordaram o diferencial no transporte gerado pela sustentabilidade, as razões pela preferência de soluções a gás e o potencial do uso do biometano nos caminhões.
“Temos trabalhado muito nesse pilar de sustentabilidade, é um valor muito forte dentro da nossa companhia. Desde 2014 temos buscado energia alternativa no transporte e nos nossos armazéns. Ano passado foi o ano do ESG, quando formalizamos a área, mas acreditamos ser uma cultura transversal que deve permear toda a empresa, desde os caminhoneiros à alta gestão. Temos estabelecido nossos compromissos e ficamos muito felizes de ter clientes embarcando nessa jornada de sustentabilidade e novo momento necessário que vemos vivendo”, afirmou Vanessa Pilz.
Vale lembrar que a Reiter Log adquiriu, em 2021, 124 caminhões a gás, alguns em atuação na operação de transportes da L’Oreal. “Para nós, é muito importante assumir essa responsabilidade. Somos a maior empresa de beleza do mundo. Temos que agir com liderança para desenvolver esse mercado e ser pioneiros. Ter nossos produtos transportados por caminhões com zero ou baixa emissão é uma das nossas grandes apostas. Tanto no Brasil como no mundo, vamos conseguir reduzir nossa emissão de carbono. Para se ter uma ideia, 83 a 87% das nossas plantas já são net zero, acabamos de inaugurar um centro de distribuição em SP em que a emissão desde o desenvolvimento até a implementação já começou com esse mindset. Diante disso, escolhemos parceiros para essa mudança e a Reiter é um exemplo muito bom. Eles transportavam cerca de 3% dos nossos produtos e trouxemos a empresa para outro patamar de parceira. Agora eles transportam próximo de 15 a 20% dos nossos produtos. Uma das razões de desenvolvermos essa parceria com a Reiter é que queremos chegar a 30% dos nossos veículos ou carga transportadas a biogás ou biometano”, detalhou Jefferson Gil Fernandes, diretor executivo de operações da L’Oreal.
Por falar em biometano, Gabriel Kropsch, presidente da Abiogás, reforçou o potencial do Brasil para utilização desse recurso. “O biogás no Brasil tem um potencial enorme. Temos no país a maior oportunidade de geração de biogás do mundo. São 120 milhões de metros cúbicos por dia de potencial de biogás. Se pudéssemos aproveitar imediatamente 100% desse volume de biogás para produção de biometano para substituir o diesel, teríamos condições de substituir 70% do consumo de diesel do Brasil. Lembrando que o biogás é a única fonte de energia primária com pegada de carbono negativo. Então se queremos zerar nossas emissões para atingir o net zero, teremos que passar pelo biogás”, explicou.
Sustentabilidade e inovação caminham lado a lado
Tão importante quanto trazer o foco para a sustentabilidade é mostrar como a inovação tem contribuído para possibilitar esse novo olhar pelo transporte. E não estamos falando somente de futuro, mas do que a Scania entrega aqui e agora para cumprir com seu propósito de liderar a transformação para um setor mais sustentável.
Esse foi o tema central do segundo bloco do encontro. Renata Perucci, responsável por Gestão Corporativa e Desenvolvimento de Negócios da Scania Latin America; Paulo Genezini, gerente de Sustentabilidade da Scania no Brasil; e Hélio Matias, vice-presidente de Logística do Grupo Ambipar, foram os convidados e falaram sobre produtos, soluções, novas tecnologias, eficiência energética, veículos elétricos e como imaginam o futuro do transporte no Brasil e na Europa.
“Acho que a sustentabilidade faz a gente pensar de forma diferente. Temos que fazer as coisas com inovação, senão vamos continuar fazendo sempre da mesma maneira. É uma jornada, temos que pensar em todo o ecossistema e no mundo que vamos deixar para as próximas gerações”, comentou Renata Perucci.
Deixar esse legado também é uma das missões da Ambipar. “Queremos contribuir com as pessoas, a sociedade, as empresas para que pratiquem ações sustentáveis para deixarmos um mundo melhor para as futuras gerações. Quando falamos em inovação, o uso de novas tecnologias vem otimizar nossos processos e com isso podemos prestar um serviço de qualidade e confiabilidade para nossos clientes. Tecnologias sempre são bem-vindas e estamos atentos ao que o mercado nos oferece”, afirmou Hélio Matias, vice-presidente de Logística do Grupo Ambipar.
Paulo Genezini, gerente de Sustentabilidade da Scania no Brasil, não só comentou sobre esse pilar estratégico da Scania como falou de futuro: com a chegada do Proconve P8, os caminhões precisarão ser ainda menos poluentes e com muito mais tecnologia.
“O programa Proconve foi criado para controle das emissões veiculares e cada evolução ou fase quer dizer que o nível de emissão fica mais restrito. Ano que vem passamos para o P8, equivalente à norma europeia Euro 6, e isso faz com que não possamos emitir no mesmo nível de poluentes que temos hoje, como o óxido de nitrogênio, o material particulado, a fuligem. O permitido para as emissões de óxido de nitrogênio (Nox), por exemplo, vai reduzir 80% em relação à fase que tenho hoje no P7. Em material particulado haverá a redução de 50%. Então, a frota nova que começa a ser entregue a partir de janeiro de 2023 vai ser muito menos poluente. Isso para Scania não será um desafio, estamos preparados para atender essa fase não só do ponto de vista de emissão, mas os apaixonados podem esperar também a entrega de boa performance dos nossos veículos”, revela Paulo.
E teve muito mais nesse bate-papo sobre inovação, sustentabilidade e futuro. Reveja aqui o encontro e aprenda mais sobre os temas:

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333