Jornada Scania







[ Sustentabilidade ] -- 17/12/2020
[ Texto: 528 Comunicação Com Propósito / Foto: Dan Boman ]
Metas globais da Scania são aprovadas pelo Science Based Target e representam um marco importante na jornada de sustentabilidade da marca para construir um transporte mais limpo.
Ainda não existia o “novo normal” e a Scania já vivia esse conceito do ponto de vista da sustentabilidade. Ao assumir seu novo propósito, a virada de chave para o novo normal do mundo dos transportes aconteceu. Em 2017, então, a empresa anunciou o compromisso de mudar seus processos para eletricidade e meios livres de combustíveis fósseis até 2020. Um ano depois, a Nova Geração Scania, que já estava nas estradas da Europa, chegou à América Latina com o objetivo de contribuir para a redução das emissões de CO2. Claro, são até 12% de economia de combustível, o que faz a sustentabilidade no transporte ser real e eficiente.
Foi neste mesmo ano, em 2018, que a Scania estabeleceu outras duas metas globais para serem cumpridas até 2025: reduzir pela metade as emissões de CO2 em suas operações globais e em seus fluxos de logística de transporte terrestre na Europa e na América Latina. E é o que a marca vem cumprindo desde então.

O momento de agir
é agora

Saiba mais sobre o Science Based Target e como esses indicadores estão conectados com os objetivos da marca, que segue fomentando debates sobre a sustentabilidade no setor de transportes e promovendo mudanças no mundo dos negócios para uma economia mais verde.
Agora, novos indicadores foram adicionados a essa régua que ajuda a Scania a transformar o mundo dos transportes. E a boa nova é que todos eles foram aprovados pelo Science Based Target (SBTi), uma iniciativa global que especifica para as empresas o quanto e com que rapidez elas precisam reduzir suas emissões de gases de efeito estufa.
Ter as metas aprovadas pelo Science Based Target (SBTi) significa que os objetivos da Scania em sustentabilidade são fundamentados na ciência e estão de acordo com o nível de descarbonização necessária para que o aumento da temperatura do planeta seja menor que 2ºC, conforme prevê o Acordo de Paris.

E é com esses indicadores que a Scania está, de fato, comprometida. Para isso, além de diminuir as emissões de suas próprias operações em 50%, a marca também irá reduzir as emissões de seus produtos em 20% até 2025.

"Como mais de 90% das emissões de CO2 geradas em nossos negócios ocorrem depois que os produtos saem de nossas fábricas, é imperativo que também os consideremos. Limitar-nos a reduzir apenas nossas próprias emissões simplesmente não é suficiente. Portanto, trabalharemos em estreita cooperação com nossos clientes para operações de caminhões, ônibus e motores com menos impacto climático", diz o Presidente e CEO da Scania, Henrik Henriksson. “Independentemente de estarmos ou não em um momento de crise, não comprometeremos a sustentabilidade. Conduzir a mudança para um sistema de transporte sustentável é o objetivo da Scania e continuamos totalmente comprometidos ”, completa.
Esse compromisso é válido para todos os mercados onde a Scania atua, o que inclui o Brasil. Por aqui, os caminhões movidos a gás natural veicular (GNV), gás natural liquefeito (GNL) e/ou biometano, já são realidade nas estradas. Junto da Nova Geração, os modelos cumprem muito bem essa missão de ajudar a Scania a atingir essas metas globais e, mais do que isso, a transformar o transporte em um sistema muito mais sustentável.

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado


Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333