Jornada Scania
Utilizamos apenas os cookies do Google Analytics para analisar nosso tráfego. Ao clicar em "Aceito", você concorda em dar seu consentimento para que todos os cookies sejam usados e as informações sejam compartilhadas com o Google Analytics.







[ Soluções de Transporte ] -- 19/09/2022
[ Texto: Assessoria de Imprensa Scania / Fotos: Scania ]

Scania apresenta dois novos potentes motores movidos a biogás

A Scania continua expandindo e aperfeiçoando suas soluções de biogás para caminhões pesados com a apresentação de dois novos motores. Esse lançamento está alinhado à grande iniciativa da Scania no início deste ano, quando foram apresentadas várias novas soluções de gás. Os novos motores de 13 litros fornecem potência de 420 e 460cv, atendendo a maior parte da alta demanda de energia do mercado na Europa, incluindo caminhões para longas distâncias. No Salão Internacional de Veículos Comerciais (IAA), a fabricante também exibirá seu novo trem de força Scania Super que já é líder do setor; além de expor produtos nas áreas interna e externa do evento.
O interesse pelo biometano, produzido localmente, para caminhões está aumentando rapidamente devido às iniciativas para descarbonizar o transporte rodoviário e abandonar o combustível fóssil. O biometano pode reduzir as emissões de CO2 em até 90%, considerando o processo do poço à roda. A combinação de motores potentes e soluções de tanques/cilindros que proporcionam autonomias mais longas do que antes -- tanto no biogás comprimido (do inglês CBG (Compressed Biogas)) quanto no biogás liquefeito (do inglês LBG (Liquefied Biogas)) -- garante a todos os tipos de transportadores a oportunidade de escolher caminhões movidos pelo combustível mais sustentável.
“As combinações de cavalo mecânico e carreta para uso em longa distância, com carga de 40 toneladas, agora podem ter alcances de até 1.400 km com biometano liquefeito em seus tanques”, diz Stefan Dorski, vice-presidente global sênior e diretor da Divisão de Caminhões da Scania. “Como as redes de postos de abastecimento disponíveis também estão se expandindo rapidamente, os caminhões com motores a gás representam uma alternativa viável para os clientes que desejam eliminar gradualmente o uso de combustíveis fósseis e reduzir sua pegada de CO2.”
Caminhões equipados com motor a gás são um marco importante da adesão da Scania às suas metas com base na ciência (Science-Based Targets), um compromisso da empresa de reduzir em 20% no geral as emissões de CO2 do uso de seus produtos até 2025, considerando 2015 como base. Segundo a Scania, a eletrificação e a redução do uso de motores a combustão não serão suficientes para atingir suas próprias metas, nem as estipuladas no Acordo de Paris. Portanto, todos os meios disponíveis para atingir esse objetivo devem ser usados.
Os novos motores são baseados no renomado motor a gás de 13 litros que a Scania oferece há anos. Ao aumentar os níveis de potência de seus motores e prepará-los para futuras demandas, a Scania reforça sua intenção de aumentar sua participação de mercado no segmento de caminhões a gás, com foco na sustentabilidade.
“Vemos um grande potencial do biometano em termos comerciais”, afirma Dorski. “Com a flexibilidade, a economia operacional total e a gama que podemos oferecer agora, estou convencido de que os clientes vão considerar uma ótima solução. Além disso, os mercados onde o gás antes era um fator marginal estão percebendo como esse combustível se tornou mais atraente nos últimos anos. A operação de caminhões com motores a gás é simples em comparação com outras alternativas e não significa abrir mão de tudo em termos de dirigibilidade, flexibilidade ou conforto do motorista.”
Fiel à tradição de soluções a gás da Scania, os novos motores funcionam com combustão completa tanto do combustível quanto do oxigênio, sem precisar de diesel ou do AdBlue (Arla 32). As velas de ignição dão a partida, como nos motores a gasolina. A pré-mistura do gás ocorre no coletor de admissão, no percurso para os cilindros.
Um objetivo importante para os engenheiros da Scania era garantir a melhor dirigibilidade possível, com os motores a diesel Scania Super como referência de desempenho e outras características. Quando comparado a um motor a diesel do mesmo nível de potência, a diferença mais perceptível para um leigo provavelmente seria que o motor a gás é muito mais silencioso.
Os novos modelos a gás de 13 litros podem usar a caixa de câmbio automatizada Scania Opticruise G25, a mais recente lançada pela marca. Dessa forma, o motorista troca as marchas de maneira suave e dirige com conforto, em seleções rápidas e ininterruptas. O torque máximo dos novos motores a gás (veja a tabela abaixo) é muito próximo do diesel e, assim como estes, os propulsores a gás oferecem recursos substanciais de economia de combustível. Os novos motores podem ser adquiridos a partir do terceiro trimestre de 2023.
Scania Super: desempenho comprovado do líder do mercado
Em novembro de 2021, a Scania apresentou uma série de motores de 13 litros inovadores com capacidade para biocombustíveis e diesel. Foi feita uma promessa de marca de uma economia de combustível de 8% para longas distâncias usando os novos: trem de força, motores, câmbio Opticruise e eixos traseiros. Esse patamar desde então foi confirmado em vários testes feitos por jornalistas independentes na Europa.
A nova plataforma do motor oferece desempenho superior, principalmente, devido ao comando duplo no cabeçote e ao Scania Twin SCR, um sistema de injeção dupla de AdBlue (Arla 32), que ajuda a aumentar a eficiência do processo de pós-tratamento.
Os novos motores possuem freio de cabeçote (CRB do inglês Compression Release Brake) opcional, que garante melhor desempenho de frenagem do propulsor, e são acompanhados por serviços inteligentes como intervalos de manutenção flexíveis com base na operação real e no Scania ProCare (vigente na Europa) com renovações preventivas de componentes críticos.
A linha de motores mais recente da Scania é uma plataforma completamente nova, que a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento global da fabricante desenvolveu desde o início. O novo trem de força representa um investimento total de mais de dois bilhões de euros.
A nova linha oferece aos clientes motores de combustão com mais eficiência energética, capacidade para uso de biocombustível, máxima economia operacional total e redução das emissões de CO2 em um nível totalmente novo. Além disso, está adequada a vários tipos de aplicações de transporte e contribui de forma significativa para a redução da pegada de carbono.
OC13 103 OC13 104
420 cv 460 cv
Tipo Em linha
Deslocamento 12,7 litros
Ordem de ignição 1-5-3-6-2-4
Cilindros 6
Válvulas por cilindro 4
Diâmetro x curso 130 x 160 mm
Compressão 12.6:1
Injeção de combustível Bosch + CEM1
Controle de emissão Scania EGR e conversores catalíticos de três vias
Capacidade do reservatório do óleo 43,5 litros
Saída máxima 420 (311 kW) a 1900 /min 460 (340 kW) a 1900 r/min
Torque máximo 2100 Nm a 1000-1300 r/min 2300 Nm a 1000-1300 r/min

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333