Jornada Scania
Utilizamos apenas os cookies do Google Analytics para analisar nosso tráfego. Ao clicar em "Aceito", você concorda em dar seu consentimento para que todos os cookies sejam usados e as informações sejam compartilhadas com o Google Analytics.







[ Sustentabilidade ] -- 03/03/2023
[ Texto: Assessoria de Imprensa Scania, 528 Comunicação Com Propósito / Foto: Divulgação ]

É da Scania o ônibus movido a gás no transporte metropolitano de Curitiba

Em parceria com a Compagas, Scania inicia demonstração com o ônibus movido a GNV no transporte urbano da cidade de Curitiba. O foco da iniciativa está na mobilidade urbana e na contribuição direta com o meio ambiente, com redução nas emissões de poluentes.
Engana-se quem pensa que somente o transporte de cargas está sendo impactado quando se fala na sustentabilidade do setor de transportes. Para a Scania, essa transformação acontece também quando o assunto é mobilidade urbana. Tanto que a partir de agora um ônibus da marca 100% movido a gás natural veicular (GNV) passa a integrar o transporte coletivo urbano da região metropolitana de Curitiba.
Essa é a primeira vez que o ônibus a gás é testado em uma linha metropolitana. Durante a demonstração, que terá duração de 30 dias, o veículo fará parte da frota da Viação São José. O modelo escolhido é um Scania K 280 com 13,2 metros de comprimento, do tipo padron e com capacidade para 86 passageiros. O itinerário escolhido foi a linha São José / Guadalupe e o ônibus percorrerá, diariamente, um trajeto de mais de 280 km entre São José dos Pinhais e Curitiba.
“Temos um pacote completo alternativo ao diesel composto por excelente produto, serviços, eficiência energética, tecnologias avançadas e viáveis, e sistemas eficazes para uma moderna e rentável gestão da operação. Tudo em uma perfeita união de mobilidade sustentável com economia operacional. Para o usuário do ônibus haverá ainda grande diferença na poluição auditiva, pois o veículo a gás é muito mais silencioso do que o similar a diesel”, afirma Celso Mendonça, gerente de Vendas de Soluções de Mobilidade da Scania Operações Comerciais Brasil.
“Ter a oportunidade de realizar a demonstração do ônibus urbano a gás em uma linha metropolitana é um grande privilégio para reforçar que esta solução, além de sustentável, é extremamente viável”, completa Cristiano Locatelli, diretor da Cotrasa, a Casa Scania que atende a região.
A expectativa é de que após esse período o ônibus circule por mais 30 dias pela capital paranaense em uma linha municipal, em ação conjunta com a Prefeitura de Curitiba.O veículo também ficará exposto no Smart City Expo World Congress, o maior evento de cidades inteligentes do Brasil, que acontece em Curitiba entre os dias 22 e 24 de março, no Centro de Eventos Positivo, no Parque Barigui. O intuito é apresentar para a sociedade esse novo conceito em mobilidade urbana sustentável.
Trabalho em parceria
A demonstração do ônibus faz parte do projeto de mobilidade urbana sustentável por meio do uso do gás natural, realizado pela Compagas (Companhia Paranaense de Gás) em conjunto com a Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (AMEP) e com o Governo do Estado, e em parceria com a Scania.
“Várias cidades no mundo já têm praticamente 80% da sua frota movida a gás natural. Esse é o primeiro ônibus que nós teremos no Paraná para experimentar a eficiência, o custo operacional comparado a um ônibus movido a óleo diesel, além da questão ambiental, que é uma preocupação que nós temos a cada dia. É uma inovação que o Governo do Estado traz para o Paraná”, destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior durante o lançamento do projeto, no final de fevereiro, no PalácioIguaçu, sede dogovernolocal.“Com os testes sendo aprovados, queremos ajudar os municípios a ampliar a sua frota movida a gás natural, para que o custo operacional fique mais baixo, já que o diesel no dia a dia acaba sendo caro para o transporte público”, acrescentou.
Para o CEO da Compagas, Rafael Lamastra Jr, o projeto coloca o Paraná em um movimento de destaque em sustentabilidade e mobilidade urbana. “O gás natural é reconhecido como uma energia mais limpa e colabora diretamente para a transição energética com melhor competitividade. Já os veículos de transporte coletivo a gás são uma realidade nas principais cidades do mundo e nós precisamos aplicar essa tecnologia em nosso Estado, realizando a substituição de ônibus por modelos capazes de contribuir com o meio ambiente, a saúde da população e com a economia”, diz.
O diretor-presidente da AMEP, Gilson Santos, destaca ainda que adotar veículos movidos a gás natural pode ter um impacto econômico significativo para os estados e municípios, o que refletiria diretamente no custo para o usuário. “A ideia de fazer a experiência com esse ônibus a gás vem ao encontro de buscar novas tecnologias, um custo que seja mais acessível para o gestor, o Estado e para o usuário que paga tarifa”, afirma Gilson.
Os benefícios também estão ligados diretamente à saúde da população. Além de permitir uma diminuição significativa de CO2 emitido na atmosfera – índice que pode chegar a até 20% a menos em relação ao diesel -, o uso do gás natural proporciona a redução de óxidos de nitrogênio (NOx) em quase 90% e de material particulado chega a 85%. Os efeitos são de curto prazo, com um menor índice de doenças cardiovasculares e da perda de produtividade causada por esses poluentes.

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333