Jornada Scania
[ Sustentabilidade ] -- 05/06/2024
[ Texto: 528 Comunicação Com Propósito, Assessoria de Imprensa Scania Brasil / Foto: Scania ]

AMAGGI e Scania, juntas por um transporte mais verde

O Dia Mundial do Meio Ambiente serve como um lembrete crucial sobre a necessidade de preservar nosso planeta e adotar práticas mais sustentáveis. Este ano, a celebração da data chega com uma importante inovação no setor de transporte: o uso de biodiesel puro (B100) em caminhões rodoviários.
No Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado hoje, 5 de junho, uma notícia inspiradora para o setor de transportes no Brasil: a AMAGGI, gigante do agronegócio, deu início ao uso de biodiesel puro (B100) em sua frota rodoviária. A fábrica da Scania em São Bernardo do Campo, São Paulo, foi palco para esse marco histórico, já que foi lá que aconteceu a entrega dos caminhões totalmente preparados para trafegar com esse biocombustível.
Ao todo, são 101 veículos Euro 6 movidos a B100, sendo 100 do modelo 500 R 6x4 Super e um do modelo 500 R 6x2 Super – este para o transporte do biocombustível para os pontos de abastecimento.
Essa foi a principal compra de caminhões B100 da Scania na América Latina e uma das mais representativas globalmente para um único cliente. Assim, a AMAGGI passa a ter a maior frota rodoviária do agro abastecida exclusivamente com o combustível sustentável, além de ter a frota B100 predominante da Scania no Brasil e na América Latina, e uma das maiores do mundo.
É uma das maiores frotas B100 da Scania no mundo. A AMAGGI comprova o quanto está viabilizando o ecossistema de transporte mais sustentável.”
Simone Montagna, presidente e CEO da Scania Operações Comerciais Brasil.
“Os primeiros caminhões 6x4 100% movidos a biodiesel originais de fábrica são da AMAGGI, que se junta à Scania e à Rota Oeste para celebrar esta ocasião única. É uma das maiores frotas B100 da Scania no mundo. A AMAGGI comprova o quanto está viabilizando o ecossistema de transporte mais sustentável. É um caso completo de ciclo sustentável pois a produção do biodiesel é da própria AMAGGI”, salienta Simone Montagna, presidente e CEO da Scania Operações Comerciais Brasil.
O B100 é produzido pela própria AMAGGI a partir de óleo degomado de soja e a produção desse combustível faz parte da estratégia de negócios e de sustentabilidade da empresa com o objetivo de reduzir suas emissões de CO2, compromisso assumido pela companhia contra as mudanças climáticas.
“A descarbonização é um projeto da AMAGGI dentro de sua estratégia de negócios e de sustentabilidade e esse projeto veio ao encontro da chegada da tecnologia necessária por parte da Scania. A entrega desses caminhões é um marco para a nossa empresa, com o início da operação da frota rodoviária movida a B100”, disse Claudinei Zenatti, diretor de Logística e Operações da AMAGGI.
Os caminhões vão operar no trecho entre o Norte de Mato Grosso até o terminal de Miritituba, no Pará, fazendo o transporte de grãos. A base da frota rodoviária da AMAGGI fica em Matupá (MT), local em que os veículos também serão abastecidos com o B100 e onde, recentemente, a Casa Scania Rota Oeste abriu uma filial para atender a demanda local.
Além dos veículos abastecidos com o B100, o lote comprado pela AMAGGI ainda é formado por 250 caminhões 560 R 6x4 Super, que também já começaram a ser entregues. “O 560 Super 6x4 oferece até 28% de economia de combustível sobre a geração anterior, e uma superior eficiência energética, ou seja, seu motor emite muito menos gases poluentes”, conclui Montagna.
Para além das rodovias
Mas a AMAGGI não para por aí. A empresa está expandindo o uso do biodiesel B100 para seu maquinário agrícola na Fazenda Sete Lagoas, em Diamantino (MT), em parceria com a fabricante John Deere. Esse movimento é um marco significativo no avanço da matriz energética do Brasil, que recentemente elevou o percentual obrigatório de adição de biodiesel ao diesel para 14%, com previsão de aumento para 15% no próximo ano.
Enquanto o mundo celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente, iniciativas como a da AMAGGI demonstram que é possível combinar desenvolvimento econômico com a preservação ambiental. A transição para uma frota movida a biodiesel puro não só reduz as emissões de gases de efeito estufa, mas também pavimenta o caminho para um futuro mais sustentável no setor de transporte rodoviário. Uma verdadeira inspiração para empresas de todos os setores que desejam fazer a diferença no mundo.
A entrega desses caminhões é um marco para a nossa empresa, com o início da operação da frota rodoviária movida a B100.”
Claudinei Zenatti, diretor de Logística e Operações da AMAGGI.
Compartilhe

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:

A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333