Jornada Scania







[ Serviços ] -- 30/07/2020
[ Texto: 528 - Comunicação com Propósito / Fotos: Scania ]

Rentabilidade na palma da mão

Como o uso da conectividade da Scania ajudou a Terra Master Logística e Transporte a qualificar seus profissionais e ter mais rentabilidade na sua operação.
A conectividade chegou para ficar. E os benefícios vão além do simples uso da tecnologia. Uma frota conectada é capaz de reduzir o consumo de combustível e ajudar a empresa a ter mais rentabilidade. A Terra Master Logística e Transporte sabe bem o que isso quer dizer.
Os irmãos Fernanda e Thiago Veneziani vieram do Direito para o transporte, herdaram do pai o amor pelo setor. Viram na conectividade da Scania uma oportunidade de inovar e desenvolver pessoas, características que já faziam parte da gestão que, juntos, praticam na empresa. Mas foi em 2019 que deram um passo ainda mais importante para a história da Terra Master: ao conectarem a frota, ganharam em desempenho, qualificação profissional e rentabilidade. Desempenho porque não só os caminhões passaram a ter uma performance melhor, mas também toda a equipe, do gestor de frotas aos motoristas. Qualificação porque para estar por trás do volante de um caminhão com tanta tecnologia é preciso estudar, se atualizar e se desafiar a ser, dia após dia, um profissional melhor. E rentabilidade porque a diferença no consumo de combustível foi sentida “no bolso” no final do mês.
Ao todo, a empresa tem 15 veículos, dos quais 12 são Scania - quatro P 310, dois P 360, dois R 440 e quatro da Nova Geração (dois G 410 e outros dois R 500), que transportam sólidos e líquidos, produtos radioativos, químicos e os mais diversos tipos de cargas destinadas a importação e exportação. Com os 12 caminhões conectados e o acompanhamento por meio do Scania Fleet, a empresa alcançou 4% de redução mensal no consumo de combustível, sem falar nos resultados que o próprio caminhão entrega.
“Um conceito muito forte que temos é que a empresa não é o que ela ganha, mas o que ela economiza. Por isso, fazemos uma gestão minuciosa dos custos. Mas, acima dessa missão, temos a missão pessoal de fazer pessoas melhores para um mundo melhor. A gente percebeu no Fleet uma forma atrativa, competitiva e sadia de elevar o nível profissional de nossos motoristas. Proporcionamos programas de treinamentos e eles estão cada vez mais se profissionalizando e sendo motoristas melhores porque conseguem acompanhar a evolução deles mesmos de maneira muito prática. E, para a nossa grande alegria, a maior parte se preocupa diariamente com esse aperfeiçoamento”, celebra Fernanda Veneziani, Diretora da Terra Master.
Elevar a barra para colocar o desempenho dos seus profissionais em outro patamar é tarefa do Fleet e também fruto da metodologia empregada pelos gestores. “Ressaltamos os pontos fortes de cada um, elogiamos em público e cobramos melhoria em particular. Além disso, não penalizamos nossos colaboradores se eles cometem algum erro, mas sim bonificamos os que têm uma melhor performance. E, ainda mais importante que isso, ofertamos treinamentos, para que sejamos cada vez melhores no que fazemos, e estudos, pois sabemos que não podemos parar nunca de aprender. Isso vale para todos os colaboradores, não só os motoristas, inclusive para nós mesmos”, reforça o Diretor, Thiago Veneziani.
Muito mais que conduzir um veículo
José Robenildo Telmo é um exemplo. Motorista da Terra Master há seis anos, ele conta que a conectividade só trouxe benefícios e reforçou o cuidado da empresa com seus colaboradores. “Quando a empresa adquiriu essa ferramenta eu gostei muito, tanto para o meu conhecimento, profissional e pessoal, como sei que foi bom para a empresa pela rentabilidade em manutenção e consumo de combustível. A gente acha que sabe dirigir, mas na verdade não sabe. Depois do treinamento com o Cícero, da Codema de Guarulhos, aprendi a usar melhor o caminhão e tive a certeza de que até então eu só sabia conduzir e não dirigir. Com o Fleet, a gente consegue usar melhor as funções do caminhão”, diz.
Mas essa opinião não é só de quem já tem tempo de casa. Wellington dos Santos Silva tem somente nove meses de empresa e seu início na transportadora coincidiu com a chegada da conectividade e o uso do Scania Fleet. “Aprendi muito sobre o funcionamento do veículo, conheci todas as funções do caminhão e vi que muita coisa que eu deixava de fazer ou fazia achando que estava fazendo certo, na verdade, eu podia melhorar. Foi um desafio, para testar minhas habilidades, consertar alguns erros e tirar os vícios ao volante”, comenta.
E teve até quem trocou de área por ter aprendido mais sobre transporte. “Eu trabalhava na área de conferência como técnico de importação. Comecei a aprender mais com o Thiago, sempre fui apaixonado por caminhões e ele viu em mim uma oportunidade de crescimento profissional. Foi aí que entrei na área da manutenção. Hoje sou gestor de frotas e cuido de toda a área de compras de peças e manutenção. Sempre monitoramos com outros sistemas, mas quando chegou o Fleet, nossa vida mudou para melhor. Eu acompanho todos os dias o que o portal nos oferece, consigo controlar até os abastecimentos fora do posto da nossa base e ver a diferença no valor do combustível”, conta Osvaldo da Silva Hilário, que há quase três anos é Chefe de Manutenção e Gestor de Frotas da empresa.
Essas são apenas algumas das vantagens de estar conectado: com a sustentabilidade dos negócios, o transporte, os resultados e as pessoas. “Não medimos esforços para o crescimento das pessoas. Nosso propósito não é ter a empresa para ficar milionário. Queremos desenvolver pessoas melhores e entregar o nosso melhor ao mercado. Para muita gente, olhar para isso é um custo, para nós é um investimento. E a Scania tem excelência nisso, tanto que 80% da nossa frota é Scania porque a equipe de vendas também faz a diferença”, conclui Thiago.

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado


Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333