Jornada Scania







[ Serviços ] -- 08/05/2020
[ Texto: 528 - Comunicação com Propósito / Fotos: Scania ]

Tudo está conectado

Mais do que conectar: como a tecnologia ajuda a garantir o funcionamento do transporte em tempos de crise e cumpre a missão de manter uma frota inteligente e totalmente disponível para fazer o seu nobre trabalho nas estradas do Brasil.
O dia dela começa agitado. Entre uma reunião e outra, todas feitas pela plataforma virtual disponibilizada pela empresa, ela mal tem tempo para um café, pois o celular também está cheio de mensagens no WhatsApp que precisam ser respondidas para o trabalho fluir e a vida pessoal não parar. A rotina já era corrida, mas a sensação que ela tem é de que o tempo ficou mais curto desde que ela começou a trabalhar em home office. A noite chegou e nem na hora de dormir ela se desconectou por completo: lá estava o celular, na mesinha de cabeceira. Ela toma esse tempinho antes de dormir para se atualizar das notícias e redes sociais.
Do outro lado da cidade, enquanto ela ainda dorme tranquilamente, outra guerreira encara seu desafio diário: pegar a estrada na madrugada. A viagem não vai ser tão longa, mas a carga precisa ser entregue no primeiro horário ao cliente, para que a população continue encontrando os produtos nos supermercados. Ela, então, pega a chave do seu caminhão, entra na cabine e dá início à sua jornada, também de posse do seu celular, que fica no compartimento do painel porque, claro, ela é responsável e não fala ao telefone enquanto dirige. Ela dá a partida, acelera e parte estrada afora, enquanto os dados da sua condução são enviados, em tempo real, para a empresa em que trabalha. Por lá, eles acompanham o desempenho do caminhão. E na cabine, ela também sabe o que tem que fazer para melhorar, ainda mais, a sua performance ao volante.
Mais que necessária
É... não tem jeito. A tecnologia faz parte da nossa vida, quer a gente queira ou não. E se antes da pandemia e da necessidade do distanciamento social já estávamos conectados, agora intensificamos o seu uso e passamos a entendê-la como uma aliada, até mesmo quando não nos damos conta. Nas duas simulações, isso fica muito claro. Tanto quem está trabalhando em casa como quem segue nas estradas fazendo a sua parte pelo funcionamento do Brasil, está “online” de alguma forma.
A Scania sabe bem o que é isso e fez da conectividade o seu carro-chefe quando o assunto é Serviços. Desde 2017, muito antes do prenúncio de uma crise mundial causada por um vírus, a marca começou a conectar seus caminhões e oferecer tecnologia para as máquinas da estrada. Hoje, em tempos de pandemia, essa solução tem sido ainda mais útil para o transportador e o motorista.
“Os caminhões da Scania hoje são verdadeiros computadores sobre rodas. Por meio da conectividade, as informações são transmitidas em tempo real e transformam o transporte em algo mais limpo e eficiente. Nesse momento de pandemia, ela fornece, por exemplo, a quilometragem necessária para uma parada para manutenção, os hábitos da operação e do motorista na condução para que ele tenha eficiência e saiba como tirar ainda melhor proveito do seu Scania”, comenta Marcelo Montanha, Diretor de Serviços da Scania no Brasil.
Conectando o Brasil
De acordo com Montanha, são 32 mil veículos conectados no Brasil, que conseguem fazer um serviço inteligente e ajudar o cliente no dia a dia do transporte. “O Driver Support fica no painel central do caminhão e fornece constante retroalimentação para o motorista em vários parâmetros da sua performance na condução. O motorista pode ter uma visão clara sobre os seus próprios hábitos ao volante e aprimorar sua técnica, criando novas práticas para melhorar seu desempenho. Além isso, o gestor da frota também tem essa informação no painel dele e pode usar as mesmas ferramentas para fazer um acompanhamento personalizado com o motorista. Uma chamada por mês já é capaz de ajudar a encontrar as oportunidades de melhoria. O operador passa a ter essas ferramentas à sua disposição. É um potencial de utilização, com um benefício adicional que é a segurança, pois o veículo que é guiado de forma econômica é também um veículo mais seguro”, explica o executivo.
Montanha ainda complementa que, mesmo durante a crise, é possível fazer o diagnóstico remoto para que o caminhão não precise ficar parado, seja por um problema ou para fazer a manutenção. “Os nossos caminhões têm sistema de localização em tempo real. Mas também é através desse ecossistema digital que o gestor identifica os caminhões que estão passando na região atendida por ele e visualiza se eles têm alguma falha não crítica ou se tem alguma manutenção por realizar para chamar esse cliente que está se aproximando do intervalo de manutenção. É o uso da conectividade para que a manutenção seja a mais rápida e eficiente possível. E se o cliente tem contrato de manutenção no conceito Flex, ela se ajusta a números que vem do próprio caminhão, ou seja, é específica para aquele produto. Aumenta a rentabilidade, a disponibilidade e a receita dos nossos transportadores”, detalha.
Vale lembrar que para que esses atendimentos possam ser feitos, o cliente pode contar com a rede de concessionárias e também com o Scania Assistance, que continua funcionando 24h pelo 0800 419 0224. “Hoje temos 100% da Rede operando de forma normal. São 96 concessionárias totalmente abertas para receber e acolher de forma ainda mais especial nossos clientes”, afirma Montanha.
Flexibilidade em tempos de pandemia
Embora as concessionárias estejam de portas abertas para receber o cliente, Montanha ressalta o quão relevante é ter um plano de manutenção flexível e uma frota conectada para evitar, inclusive, a permanência nas Casas Scania durante a quarentena. Afinal, com o Plano Flexível, a manutenção é agendada e o caminhão não para à toa.
“Essa é uma das vantagens e é nesse sentido que a gente trabalha para que a parada seja feita no momento mais oportuno, mais adequado. Ela pode ser programada, ter flexibilidade de agenda e o próprio sistema manda o aviso. Então o cliente pode se organizar para não ter que parar no meio do transporte de uma safra, por exemplo. Quando o caminhão chegar, o diagnóstico remoto do veículo terá sido feito e a equipe já sabe que tipo de manutenção executar, está com as peças separadas e com tudo pronto para que o serviço aconteça de forma mais rápida. Isso evita, também, aglomeração de pessoas. Sem falar que no Flexível, ele paga menos. Quanto melhor o caminhão for operado e mais eficiente for a operação, menor vai ser a conta no fim do mês. Então o benefício é triplo: custo de manutenção menor, consumo de combustível menor e menos risco de acidente. Um ciclo virtuoso totalmente alinhado com o momento que estamos vivendo no País, em que vemos vários transportadores tendo dificuldades com os fretes e a queda de serviços no transporte”, explica.
E por falar em quarentena, a Scania conseguiu manter o nível de serviços de 98% de peças disponíveis vindas de Vinhedo durante todo o período: “A nossa equipe de Vinhedo cuida da logística de peças e ajudou a Scania a cumprir o seu compromisso na disponibilidade dos componentes indispensáveis para a manutenção dos veículos.”
Nessa fase, a conectividade também cumpriu o seu papel. Mesmo com o comércio suspenso e as operações paralisadas, o transporte não parou e a Scania seguiu também monitorando os veículos conectados. Segundo Montanha, não foi contabilizada uma diferença significativa no número de quilômetros rodados no comparativo antes e depois da crise. “Se puxarmos os dados de frota, a média de 7.900 km rodados em Abril de 2019 é a mesma em Abril de 2020. Não é que não houve queda no transporte em geral, mas os caminhões conectados da Scania estão mantendo a mesma média do mesmo período do ano passado. Estamos falando de frota nova, que não tem redução significativa em termos de quilômetros percorridos. O que é uma boa notícia, pois são vários setores da economia que ainda estão muito ativos”, finaliza.

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado


Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333