Jornada Scania







[ Soluções de Transporte ] -- 25/09/2020
[ Texto: Simone Leticia Vieira / Fotos: Grupo Pra Frente Brasil ]

Para o Brasil seguir em frente

Os novos caminhões da Pra Frente Brasil e os bons resultados do Grupo com a conectividade reforçam que, além de seguir em frente, é com a parceria da Scania que eles continuam acreditando e movimentando o Brasil.
“Noventa milhões em ação. Pra frente, Brasil, do meu coração. Todos juntos vamos, pra frente, Brasil. Salve a Seleção!” Não há quem não conheça a música que embalou a Copa do Mundo de Futebol de 1970. A canção, composta por Miguel Gustavo  Werneck de Sousa Martins para inspirar a seleção brasileira, ecoa ainda hoje entre os apaixonados pelo esporte e até mesmo entre os que não fazem parte desse time. Mas, esse hino não foi usado somente para incentivar os jogadores da época como também foi cantado para celebrar a primeira transmissão ao vivo de uma Copa e, mais do que isso, trazia – e ainda traz – o sentimento de progresso e união.
Foi também neste contexto e por influência desta música que nasceu o Grupo Pra Frente Brasil. “A empresa tem esse nome em homenagem à Copa de 1970, quando montamos uma autoescola, eu e um dos meus irmãos. Na época, fui instrutor de caminhão e sempre apaixonado por esse tipo de veículo. Em 1987, abri a transportadora Pra Frente Brasil com outro irmão. Começamos transportando grãos, depois fomos para secos e molhados. Migramos para o transporte de combustível e na sequência para câmara frigorífica, onde atuamos até hoje. O que nunca mudou é que sempre acreditamos no Brasil e seguimos acreditando!”, conta orgulhoso, o fundador e Presidente do Grupo Pra Frente Brasil, Antonio Deoclides Zini.
A paixão pelo transporte veio do pai. “Em 1962, meu pai já tinha um caminhão, um Chevrolet. Dali em diante, toda a família já teve caminhão”, relembra. Nesses anos, a família trocou a boleia pelo escritório e permanece trabalhando unida na matriz do Grupo, em sede própria na cidade de Cascavel, no Paraná. “Desde 2007 somos eu e minha esposa na direção do Grupo. Temos quatro filhos e todos trabalham conosco”, afirma.
Para entrar em campo
É essa “seleção” que faz muitas transmissões e avanços para o transporte no Brasil. A mais recente delas foi a aquisição de 92 caminhões Scania, que no decorrer de 2020 colocam a Pra Frente Brasil cada vez mais em campo. E não houve adversário capaz de vencer essa partida, ainda que ele atendesse pelo nome de coronavírus. “Todo começo de ano organizamos uma programação. Em 2020, a nossa previsão era comprar de 80 a 90 caminhões. Nos 15 dias mais críticos da pandemia, acabamos segurando um pouco o investimento, mas depois seguimos com a compra, dando continuidade aos nossos objetivos”, explica Zini.
Os novos caminhões – G 410 4x2, R 450 6x2, R 500 6x2, R 500 6x4, R 500 8x2 e R 540 6x4 – foram adquiridos para ampliação e renovação da frota. “Cerca de 30 são para ampliação e os demais para renovação da frota”, pontua Antonio Deoclides Zini Junior, Diretor de Frota e Manutenção do Grupo Pra Frente Brasil.
Time completo
Mas os veículos não chegam sozinhos: todos estão conectados – com os Serviços Conectados da Scania, a equipe de master drivers do Grupo e também com o Brasil. Aliás, a conectividade é um grande diferencial da Pra Frente Brasil. Além dos 10 a 12% de economia de combustível trazidos pela Nova Geração Scania, a empresa registra em torno de 3 a 5% adicionais de redução no consumo em função do uso da conectividade. Sem falar no time de motoristas nota A em toda a frota conectada.
Junior explica que isso foi possível pela combinação da tecnologia da Scania com o acompanhamento dos instrutores do Grupo. “Em 2016 conheci a conectividade quando estive na Suécia para fazer os treinamentos com a primeira turma do NextGen. Voltei para o Brasil e fui um dos pioneiros ao apostar na ferramenta, assim que a Scania lançou essa solução. Montei uma equipe interna só para fazer a gestão do Fleet. Então, tenho um ‘master driver’ que cuida das capacitações e orienta os motoristas nas descidas de serra e em outras situações para terem sempre uma condução mais econômica e com zero violações. Com isso, conseguimos aliar os Serviços Conectados com os processos de segurança da empresa. Os nossos instrutores instigam essa competição, de forma sadia, entre os motoristas para que eles acompanhem a sua própria performance. E assim, com esse trabalho diário, conseguimos chegar com todos na pontuação de letra A”, relata Junior.
Essa tarefa é feita junto aos motoristas da empresa. “O nosso master chega e analisa todo dia as notas dos motoristas. Olhamos sempre a performance dos dez últimos e vamos melhorando o processo para tirar as dúvidas daqueles que não conseguem alcançar a nota A. E para isso, ele precisa tocar o caminhão da melhor forma possível”, completa.
Virada de jogo
Para ele, as informações geradas de forma instantânea no sistema da Scania foram um divisor de águas. “Antes a gente controlava essa parte através do relatório analítico. Acabava demorando muito porque o caminhão chegava, nós tirávamos as informações, os dados iam para a Scania na Suécia e voltavam através do relatório. Esse processo levava de um a dois dias para acontecer e às vezes a gente não conseguia pegar o motorista naquele mesmo momento para explicar e treinar. Hoje, conseguimos fazer isso na mesma hora e junto do profissional, então facilitou muito. Por isso analisamos todos os dias”, detalha Junior. “Com a conectividade sentimos muito mais segurança e aumentamos a rentabilidade. Essa ferramenta da Scania nos ajuda muito e de forma instantânea”, complementa o pai.
Ao todo, são 400 caminhões em ação, dos quais 92% são Scania, e todos os veículos estão conectados. É assim que a empresa segue com o Brasil para frente no transporte de alimentos refrigerados e combustíveis, que correspondem, respectivamente, a 15% e 85% dos negócios da empresa.
Essa conexão também acontece da porta para fora da boleia. Afinal, dos 33 anos de anos de atuação no mercado, lá se vão mais de 20 de parceria com a Scania e muitos outros incontáveis de paixão pela marca. Tanto que quando questionado sobre o que um pequeno transportador deve fazer para também ir “pra frente” em seus negócios, como ele foi, o conselho do fundador do Grupo é claro e está na ponta da língua: “Compra um Scania. Hoje é caro, amanhã é barato. Mas é a Scania que vai te ajudar a crescer.”

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado


Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333