Jornada Scania
[ Mobilidade ] -- 24/03/2023
[ Texto: 528 Comunicação Com Propósito, Assessoria de Imprensa Scania Brasil / Foto: Wagner Menezes ]

O que a Scania espera para o mercado de caminhões em 2023

Saiba quais são as perspectivas da marca para o segmento que movimenta as estradas e a economia do Brasil.
Todo início de ano costuma ser assim: basta passar o Carnaval para que o mercado “esquente as turbinas” e comece a aquecer. Em 2023, porém, esse cenário que antes se desenhava agora parece estar um pouco mais nebuloso. E não estamos falando somente o setor de transportes, mas de todos os segmentos que, assim como o transporte de cargas, também movimentam a economia do Brasil.
A Scania segue acompanhando o mercado, as dinâmicas dos seus clientes neste primeiro semestre do ano e as projeções previstas pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, a Anfavea. “Seguimos as perspectivas da Anfavea, que anunciou neste início de 2023 uma possível queda de 11% no mercado total de caminhões em comparação com 2022. Os rumos das decisões da equipe econômica do novo governo federal vão pontuar algumas tomadas de decisões dos clientes. É algo natural quando há troca de presidente. Mas, seguimos confiantes no potencial do mercado para os próximos anos”, comenta Alex Nucci, Diretor de Vendas de Soluções de Transporte da Scania no Brasil.
Mas, além desse olhar, o que mais a Scania espera para o segmento de caminhões em 2023? Quais são as suas perspectivas e o que a marca traz de novidade para ajudar o cliente a avançar em seus negócios? Quais os principais desafios para o ano e os segmentos mais promissores? E o caminhão movido a gás da Scania, continuará no mercado? É o que você vai ver aqui, nesta entrevista com Alex Nucci. Confira:
Os clientes terão à disposição nossas linhas de caminhões e ônibus mais eficientes de nossa história. Vamos entregar as melhores máquinas de fazer dinheiro e proporcionar rentabilidade por meio de disponibilidade e economia de combustível, como nunca antes viram.”
Alex Nucci, Diretor de Vendas de Soluções de Transporte da Scania no Brasil
Quais são os principais desafios para a Scania neste ano de 2023?
A estabilização da logística da cadeia global de suprimentos. Estamos com a capacidade produtiva em 100%, mas casos isolados ainda podem fazer parte da indústria no primeiro semestre. Mas, o cliente pode ficar tranquilo quanto a receber seu caminhão em 2023.
E que caminhões são esses? Por que investir em um Scania neste momento?
Estamos falando da gama Super, que vai entregar na comparação com a geração anterior, Séries P, G e R, até 28% de economia de combustível. Se compararmos a Nova Geração Euro 6 com a Nova Geração Euro 5, a economia será de até 8%. É sempre bom reforçar que as cabines são as mesmas, porém o trem de força é totalmente novo. Portanto, os clientes terão à disposição nossas linhas de caminhões e ônibus mais eficientes de nossa história. Vamos entregar as melhores máquinas de fazer dinheiro e proporcionar rentabilidade por meio de disponibilidade e economia de combustível, como nunca antes viram.
Qual é, portanto, a expectativa para 2023?
Seguimos as projeções da Anfavea, que anunciou neste início de ano uma possível queda de 11% no mercado total de caminhões em comparação com 2022, puxada especialmente pela nova tecnologia de emissões, que teve um aumento de preços sobre a linha Euro 5, a alta taxa de juros Selic e a dificuldade de obtenção de crédito. Estes três fatores vão impactar as vendas neste primeiro semestre. Este cenário faz sentido nesta projeção de queda. Mas, a Selic poderá ter uma mudança na taxa mais para o último trimestre do ano. Estamos acompanhando os movimentos do governo federal. O dólar pode permanecer estável, o que vai ajudar o mercado. Contudo, a taxa de juros e os preços mais elevados vão levar mais alguns meses para estabilizar o mercado. Mas, seguimos confiantes com nossos produtos semipesados e pesados, a linha fora de estrada, os veículos mais sustentáveis movidos a gás (natural, liquefeito ou biometano) e nossas soluções de serviços e financeiras (Banco, Consórcio e Seguradora). A Scania pretende retomar sua participação de mercado na categoria de caminhões pesados a partir de 2023.
Quais serão os segmentos mais promissores para o setor de caminhões neste ano?
Os segmentos principais são o Agro, carga frigorificada, cargas gerais, minério, cana e madeira. Eles deverão puxar mais forte nossa produção. Continuamos confiantes no agronegócio, que movimenta o transporte no Brasil e representa, em média, cerca de 45% de todos os caminhões que vendemos anualmente.
E para os caminhões movidos a gás, quais as perspectivas de comercialização deste modelo no Brasil nos próximos anos?
Já chegamos a mais de 600 unidades vendidas, desde o início da abertura de vendas na Fenatran de 2019. Para 2023, temos uma expectativa de vender outras 600 unidades e chegar a um volume total de 1.200 unidades, na somatória desde 2019. Imaginamos ser possível ter de 10% a 15% da produção anual de caminhões a gás a partir de 2024 ou 2025, principalmente se as iniciativas da cadeia do biometano avançarem. Dos produtos vendidos, 85% estão sendo usados na transferência de carga industrializada sendo produtos de higiene, limpeza, bebidas e alimentos como os principais. Também já vemos interesse para o transporte de aço e nos últimos meses de defensivos agrícolas. Adianto outra novidade. Ao longo de 2024 lançaremos a motorização de 460cv, que falamos globalmente na IAA 2022. Portanto, teremos uma gama completa e vamos atender ainda melhor o Agro.

Comentários

Marcelo Lopez:

O mercado espera que o Governo Federal tenha uma política econômica concreta, que controle os gastos públicos e caminhe na direção de uma reforma tributária eficiente. A redução dos juros no país só será efetiva quando o Governo Federal mostrar credibilidade na política econômica e assim promover a retomada do financiamento de bens e produtos. Não existe mágica, existe trabalho.

Compartilhe

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:

A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333