Jornada Scania
Utilizamos apenas os cookies do Google Analytics para analisar nosso tráfego. Ao clicar em "Aceito", você concorda em dar seu consentimento para que todos os cookies sejam usados e as informações sejam compartilhadas com o Google Analytics.







[ Acontece na Scania ] -- 25/05/2023
[ Texto e foto: Newsroom Scania ]

Conheça o primeiro caminhão-guincho elétrico usado para coleta de lixo na Dinamarca

Mais uma notícia da série Scania pelo Mundo – e dessa vez a novidade vem das ruas de Copenhague, na Dinamarca. Confira!
O primeiro Scania 25L totalmente elétrico da Dinamarca com construção de guindaste e compactador combinados para coleta de resíduos está agora em uso nas ruas de Copenhague, operado pela empresa global de gestão de resíduos Urbaser.
Todos os principais componentes do caminhão-guincho - chassi, guindaste e compactador de resíduos - são alimentados eletricamente e o guindaste pode funcionar facilmente durante um dia inteiro com uma única carga. A principal tarefa do caminhão-guincho totalmente elétrico é esvaziar os contêineres subterrâneos de resíduos, que estão localizados principalmente em ruas e praças de Nordhavn, Sydhavn e Amager, novos distritos da capital.
No processo de coleta de resíduos dos bairros, os habitantes separam seus resíduos em até 10 sacos distintos e depois os descartando nos contêineres subterrâneos próximos às suas casas.
Os resíduos são esvaziados com um guindaste e compactados
Quando os contêineres precisam ser esvaziados, o motorista usa o guindaste alimentado eletricamente para levantar os contêineres para fora do poço de concreto em que eles ficam. O contêiner é então balançado sobre o compactador de resíduos do caminhão, que é movido eletricamente, após o qual a parte inferior do contêiner é aberta para que o resíduo caia no compactador, onde é comprimido.
Quando o compactador está cheio, o motorista o leva para uma usina de incineração, onde o lixo é convertido em energia para aquecimento urbano. Os outros resíduos separados, como papel, papelão, metal, plástico, são levados para várias empresas de reciclagem na Grande Copenhague.
40% de capacidade de bateria restante no final do dia
Os primeiros três meses de operação do caminhão-guincho Scania totalmente elétrico mostraram que seus nove pacotes de baterias, com uma capacidade bruta de 297 kWh, têm ampla potencial para mais de um dia inteiro de condução. Na verdade, geralmente há 40% de capacidade de bateria restante no final do dia, mesmo que as baterias forneçam energia tanto para a condução do caminhão quanto para o sistema hidráulico na unidade do compactador. O guindaste é um Fassi de 24,5 t/m que funciona com sua própria bateria com tomada de força elétrica e capacidade de bateria de 86 kWh, o que também é suficiente para um dia inteiro de operação.
Antes de colocar o caminhão-guindaste elétrico em operação, a Scania Dinamarca, em colaboração com a Urbaser, realizou uma simulação do alcance das rotas para as quais o caminhão será usado. Com caminhões elétricos, é importante adaptar a operação à distância diária de condução, à operação do guindaste e compactador, à localização geográfica da infraestrutura de carregamento e à capacidade em relação aos sistemas de bateria do caminhão.
Motoristas especialmente treinados para dirigir caminhões elétricos
Antes da entrega do veículo, uma pequena equipe de motoristas da Urbaser foi treinada sobre como dirigir melhor um caminhão elétrico a bateria, que difere um pouco da condução de um caminhão a diesel tradicional. Entre outras coisas, trata-se de adaptar as acelerações e frenagens à capacidade do motor elétrico para acelerar parcialmente e coletar parcialmente a energia de frenagem para enviá-la de volta às baterias, onde é reutilizada para novas acelerações.
Detalhes sobre o caminhão-guindaste Scania 25L totalmente elétrico e compactador
Chassis: Scania 25L B6x2 * 4, 3-eixo com cabine avançada e rebaixada em L e eixo de bogie elétrico direcional atrás do eixo de tração. Linha de transmissão com máquina elétrica de ímã permanente com resfriamento por spray de óleo e saída máxima do motor de 295 kW / 2.300 Nm em carga máxima e 230 kW / 1.300 Nm continuamente. Distância entre eixos de 4.750 mm fornece espaço para 9 baterias de íon-lítio com capacidade bruta de 297 kWh / líquida de 213 kWh, a fim de maximizar a vida útil das baterias. Tomada de carregamento do tipo CCS2 para carregamento com até 130 kWv. 200 A. Tempo máximo de carregamento para a capacidade total da bateria é inferior a 100 min.
Estrutura: guindaste Fassi F245 de 24,5 t/m fornecido pela Fassi Danmark e e-PTO de 64 kW de potência com bateria associada de 86 kWh da Banke ApS em Sønderborg. A unidade compactadora é produzida na Finlândia, NTM KG com uma câmara de 18 m3 fornecida pela Stiholt Hydraulic A/S em Aalborg.
Veja em detalhes:

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333