Jornada Scania
Utilizamos apenas os cookies do Google Analytics para analisar nosso tráfego. Ao clicar em "Aceito", você concorda em dar seu consentimento para que todos os cookies sejam usados e as informações sejam compartilhadas com o Google Analytics.







[ Soluções de Transporte ] -- 23/06/2023
[ Texto: 528 Comunicação Com Propósito / Fotos: Scania ]

Por dentro das novas caixas de câmbio e do freio Retarder

Hoje a Revista Jornada vai mostrar mais detalhes sobre as novas caixas de câmbio da gama Super e o freio Retarder. Confira e entenda por que eles trazem, juntos, ainda mais performance e eficiência para as operações de transporte
Inovação, tecnologia, eficiência, economia de combustível e alta performance, juntos, em um mesmo veículo. Será que essa combinação é possível? Para a Scania, é claro que sim! E esse caminhão tem nome e sobrenome: Super. Afinal, a marca é incansável quando o assunto é inovar para trazer mais rentabilidade para quem mais importa: o cliente. São muitas as tecnologias embarcadas nos modelos da nova linha, mas hoje vamos falar, aqui nesta reportagem, sobre as novas caixas de câmbio e o freio Retarder.
As novas caixas de câmbio do Scania Super representam uma verdadeira revolução tecnológica no setor. Com maior compactação e redução de ruídos, essas novas caixas proporcionam melhor desempenho e estão disponíveis em diferentes modelos para atender às necessidades de potência de cada operação.
A geração G25, por exemplo, é 75 kg mais leve que a versão anterior e oferece um torque de entrada de 2.500 newtons metro, sendo ideal para potências de até 460 cavalos. Já a geração G33, ainda mais leve, está disponível para potências a partir de 500 cavalos.
Essas inovações trazem benefícios práticos, como máxima flexibilidade, adaptabilidade a diferentes tipos de trabalho, eficiência na distribuição do fluxo de óleo, melhor capacidade de arranque, trocas de marcha mais rápidas, intervalos de troca mais eficientes e menor rotação em velocidade de cruzeiro.
Já o freio Retarder é uma outra grande novidade que chegou para aprimorar a experiência de condução e garantir a segurança dos motoristas. Apesar de ser auxiliar, o funcionamento dele na prática é primordial. Com torque de frenagem máximo de 4.700 newtons metro e potência máxima de 500 kW, esse sistema atua diretamente no trem de força, oferecendo uma frenagem eficiente, prevenindo falhas e reduzindo o desgaste de lonas e tambores de freio – o que também se traduz em economia no final do mês, já que, com esse diferencial, o número de paradas desnecessárias diminui ao mesmo passo que a segurança nas estradas e o conforto dos motoristas durante a viagem aumenta.
Quer saber ainda mais? Confira:

Comentários

Envie seu comentário para ser publicado

Ao preencher o formulário, autorizo a utilização dos meus dados para envio de comunicações relacionadas aos meus interesses e concordo com a Declaração de Privacidade.
* Você pode revogar seu cadastro a qualquer momento.

Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333