Jornada Scania







[ Soluções Financeiras ] -- 28/04/2020

[ Texto: 528 - Comunicação com Propósito / Fotos: Scania ]

A parceria da vez

Saiba como tem sido a atuação do Scania Banco em meio à crise e conheça as facilidades ofertadas pela instituição para manter viva a operação de seus clientes mesmo diante de um cenário ainda nebuloso.
Procure parceria no dicionário e você encontrará uma definição que é um valor intrínseco para a Scania. Cooperação, sinergia, união e até mesmo consórcio são alguns dos significados. Em resumo, todos convergem para o sentido de colaboração entre pessoas que têm objetivos em comum.
Mas, sabemos que muitas vezes é necessário mais do que parceria. É preciso calçar os sapatos do outro para entender o que se passa de verdade, sentir as dores e dificuldades de quem está do outro lado, embora queira o mesmo que você. Em momentos de crise, lançar esse olhar é não medir esforços para o bem alheio.
No mundo dos transportes, essa forma de pensar e agir não é tão rara quanto se imagina. É esse conceito que permeia o jeito Scania de fazer negócios, seja por entender a fundo a operação de seus clientes na hora de ofertar a melhor solução de transporte ou por acompanhar bem de perto o dia a dia de cada um deles. É também desta mesma maneira que trabalha o Scania Banco, hoje um dos braços financeiros da empresa no Brasil. “Junto com o Consórcio, o papel do Scania Banco é dar suporte à rede de concessionárias e à Scania nos negócios que estão rodando e também na captação de novos negócios”, comenta Alex Nucci, Diretor Comercial do Scania Banco.
Em tempos delicados como os que estamos vivendo, o Banco também se mantém atento e ativo às oportunidades para ajudar os clientes da marca. Se por um lado parte das empresas, indústrias e comércios está parada, com suas produções estacionadas e as portas fechadas, por outro existe um Brasil que pulsa e não pode parar. É deste lado que estão também as instituições financeiras, que têm cumprido papel muito importante durante a crise do coronavírus.
Muitas medidas foram tomadas pelos bancos públicos e privados. Você deve ter lido algumas delas pelos veículos de comunicação ou quem sabe utilizado esse recurso para amenizar o seu contexto pessoal financeiro. O cliente encontra desde facilidades para pagamento de dívidas a condições e vantagens diferenciadas. Para o Scania Banco, essa também é uma realidade – e talvez um dos maiores benefícios para quem é cliente da marca.
Nucci explica que, em períodos de crise, a tendência é que os bancos tradicionais recuem e o crédito fique mais restritivo, já que há uma queda de rating dos clientes. É nesse momento que cresce o uso do banco da montadora”, afirma.
Para quem não entende tanto de investimento e termos financeiros, rating é uma classificação de crédito, uma avaliação feita por agências especializadas sobre a capacidade de uma empresa, pessoa ou mesmo país pagar as dívidas que contrai.
Tendo esse cenário como pano de fundo, o Scania Banco também tomou algumas medidas para ajudar o transportador e tranquilizá-lo nesta fase turbulenta e está oferecendo para 100% dos clientes seis meses de carência tanto para quem comprar seu caminhão ou ônibus na modalidade Finame como para aqueles que optarem por utilizar o CDC (Crédito Direto ao Consumidor).
Na prática, isso significa que o cliente que decidir efetivar a compra de um veículo ou chassi, por meio do Scania Banco, terá um prazo maior – seis meses – para começar a pagar as parcelas do seu financiamento. “Para o cliente, ter custo atrativo e seis meses de carência, neste momento, é o mais importante, porque ele consegue renovar seu caminhão ou ônibus, se recuperar da crise e só começar a pagar suas parcelas meses depois”, pontua Nucci. “Em termos de produto, é natural, pela parceria que temos com os clientes, que ofereçamos o que é mais vantajoso, que hoje é o Finame. O TFB (Taxa Fixa do BNDES) é para aquele cliente que deseja ter uma taxa fixa e a segurança de saber o quanto vai pagar no valor da parcela. Já o cliente que conhece mais do mercado financeiro e sabe analisar curvas de juros, por exemplo, pode migrar para TLP (Taxa de Longo Prazo) ou Finame Selic, com taxas ainda menores, mas sabendo que sua parcela pode variar de acordo com o mercado. Também estamos operando normalmente com as demais linhas”, completa.
Mas, como parceria é palavra de ordem do Scania Banco, o Diretor da instituição, que também acompanha esse processo de decisão dos clientes, aconselha: “Independente da modalidade, o cliente tem que entender o que cabe no seu fluxo de caixa e pensar se prefere pagar mais baixo hoje e lá na frente fazer a compensação do seu investimento ou se quer ter estabilidade e conhecer o que vai pagar desde a primeira parcela. Atualmente, mais de 90% dos nossos clientes opta pelas taxas fixas. E nós seguimos trabalhando para atender com condições competitivas e para apoiar cada vez mais o nosso cliente nessa situação desafiadora.”
Outra opção interessante nesta fase é o Consórcio. “A prática do Consórcio Scania pré e pós-crise não mudou. As assembleias continuam ocorrendo, as condições comerciais e os grupos seguem ativos”, esclarece.
E, embora ainda seja nítido o impacto econômico e haja uma timidez no mercado como um todo, além de não se saber ao certo até quando dura a quarentena, Nucci revela que está otimista. “O impacto, naturalmente, aconteceu. Temos sentido que há apreensão dos clientes no mercado, o que é normal para o momento, mas percebemos mais postergações de compra do que cancelamentos. Acredito que novos negócios devem acontecer nos próximos meses e dias, à medida em que também entendermos um pouco mais o cenário e os clientes voltem a fazer negócios. Por agora, seguimos fortalecendo o que sempre levamos a campo: estamos juntos dos nossos clientes nas horas boas e ruins, pois cabe a nós, como instituição e parceira, muitas vezes, manter viva a operação do nosso cliente. Enquanto os bancos comerciais saem de cena, o Scania Banco está ali, lado a lado com uma oferta de financiamento com juros atrativos e carência de seis meses para dar tranquilidade ao cliente entre a compra e a retomada de mercado, sem que ele precise fazer desembolso de caixa. Afinal, não queremos vender só hoje, mas enquanto o cliente estiver ativo - e esperamos que isso seja eterno”, conclui.

Envie seu comentário para ser publicado


Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333