Jornada Scania







[ Família Scania ] -- 09/03/2021

[ Texto: Simone Leticia Vieira / Fotos: Arquivo Scania ]

Somos todos aprendizes

Em parceria com o Senai, Scania dá início ao Programa de Aprendizagem de Mecânicos em parte da Rede de Concessionárias
Quem conhece a Scania sabe: a empresa não mede esforços para aprimorar o atendimento e a experiência do cliente. A edição 2020 da premiação Best Truck não nos deixa mentir: a Scania é a marca mais desejada do Brasil e a que possui o melhor Pós-Vendas do mercado brasileiro. Os reconhecimentos foram entregues ainda em 2019, durante a última Fenatran, e de lá pra cá a Scania continua engajada em entregar o melhor atendimento em Serviços do país.
Independentemente de capacitar profissionais para a Scania, sabemos que estamos preparando esses jovens para o mercado.”
Maria Luiza Delavy, Diretora de Recursos Humanos e Academy da Scania Brasil
Para chegar até aqui muito precisa acontecer nos bastidores, seja na fábrica ou lá na ponta, na Rede de Concessionárias. É do lado de dentro que a transformação de fato acontece e é este o foco da Scania quando o assunto é ofertar o melhor ao cliente e ao mercado. Mas você sabe por onde esse trabalho começa? A resposta é simples: na qualificação dos colaboradores, especialmente daqueles que estão na linha de frente, dentro das oficinas, prontos para receber e atender quem confia na marca.
Os primeiros passos dessa jornada de qualificação são dados com quem ainda está chegando ao mercado de trabalho. O exemplo mais recente é a primeira turma do Programa de Aprendizagem de Mecânicos que acontecerá nas concessionárias Codema, Cavese e Suvesa e formará jovens profissionais para atuar na área de mecânica. Ao todo, a turma conta com 30 alunos, dos quais 10 foram escolhidos pela Scania para serem qualificados e treinados dentro das oficinas da Codema de Guarulhos.
Na prática, o programa funciona assim: durante um semestre, os alunos, que têm entre 18 e 24 anos, estudam as disciplinas básicas e teóricas no Senai; a partir do segundo semestre, as oficinas da Codema passam a ser a sala de aula dos jovens aprendizes, que terão acesso aos conhecimentos técnicos e práticos da atividade de mecânico.
O curso completo terá dois anos de duração, o que corresponde a 1.500 horas, e mais 272 horas serão focadas na realidade de oficina das concessionárias, totalizando 1.772 horas de desenvolvimento acadêmico técnico. Ao final do estágio prático, os eletromecânicos e os que demonstrarem interesse são contratados, passando a ter, oficialmente, um cargo de mecânico na oficina da empresa.
“O lado positivo da formação desses jovens é dar condições para que entrem no mercado já aprendendo a nossa filosofia, os nossos valores, nosso business, nossa forma de trabalhar e ver o cliente. Isso vem ao encontro do que realmente precisamos. Sem falar que, como empresa, também criamos um vínculo com a pessoa à medida em que ela vai se desenvolvendo no curso e no ambiente de trabalho. Evoluímos junto com o aluno e ele vai galgando o seu próprio caminho, adequado ao que passa a entregar dali em diante”, pontua José Carlos Broch Junior, Gerente de Recursos Humanos na Rede Cativa de Concessionárias Scania.
Ontem, hoje e no futuro
Ao lado de José Carlos, Maria Luiza Delavy, Diretora de Recursos Humanos e Academy da Scania Brasil, viu essa parceria se consolidar no decorrer dos anos até o programa acontecer. “A Scania já tem uma parceria de longa data com o Senai desde quando eu entrei na companhia, em 1994. É uma entidade renomada, séria e que forma excelentes profissionais, não só na parte técnica, mas porque desenvolve pessoas, trabalha os valores do ser humano. Nós já planejávamos ter um programa com aprendizes na área técnica dos nossos concessionários há um bom tempo, até que ano passado estruturamos o projeto, junto com o José Carlos e a equipe do Senai. Montamos um grupo de trabalho, composto por técnicos da Scania Brasil e profissionais de serviços do concessionário, olhamos para os conteúdos do curso para saber se atendiam os requisitos na formação de um mecânico para trabalhar em nossa oficina, como o aperfeiçoamento dos conhecimentos em tecnologia em função da evolução dos nossos caminhões, e chegamos ao formato final do programa, que está começando”, comenta Maria Luiza.
Embora a iniciativa já fizesse parte das ações da Scania Latin America, esta é a primeira vez que a Scania Brasil coloca o programa em prática em suas operações comerciais. E a intenção é que o projeto não fique restrito à Codema de Guarulhos, onde acontecem as primeiras aulas. “Começamos com a escola de Guarulhos e a Codema pela proximidade entre os locais. Esta é a primeira turma, mas queremos ter outras em todo o Brasil, que se iniciem regularmente e quiçá a Scania passe a fazer contratação de profissionais para as oficinas somente através dos cursos técnicos em parceria com o Senai”, revela Maria Luiza.
Para ir além
José Carlos reforça ainda que as oficinas podem ser uma porta de entrada para o profissional que quer atuar no setor de transportes, mas que nada impede que esse jovem se desenvolva e encontre em sua trajetória outros espaços de trabalho: “Assim como já fazemos com nossos atuais colaboradores, queremos propiciar um ambiente de capacitação e desenvolvimento contínuo para que estes aprendizes construam suas carreiras como entenderem melhor. Nosso intuito é que se desenvolvam, pois estão dentro de uma empresa pertencente ao Grupo Scania e outras oportunidades poderão surgir para aqueles que quiserem ir além da área técnica.”
É esse ambiente de crescimento profissional que a Scania, por meio do Programa de Aprendizagem, também quer deixar como legado fora dos muros da fábrica e de sua rede de concessionárias. “Mesmo que os alunos que estamos apoiando no programa não fiquem com a gente, estamos fazendo a nossa parte ao contribuir com a formação de um profissional para que ele faça a diferença na sociedade e tenha chances maiores de emprego. Então, independentemente de capacitar profissionais para a Scania, sabemos que estamos preparando esses jovens para o mercado”, finaliza Maria Luiza.
Nosso intuito é que se desenvolvam, pois estão dentro de uma empresa pertencente ao Grupo Scania e outras oportunidades poderão surgir para aqueles que quiserem ir além da área técnica.”
José Carlos Broch Junior, Gerente de Recursos Humanos na Rede Cativa de Concessionárias Scania

Envie seu comentário para ser publicado


Leia também:


A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Em 2017, entregamos 82.500 caminhões, 8.300 ônibus, e 8.500 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida alcançou quase 120 bilhões de coroas suecas, dos quais cerca de 20% eram relacionados a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. © Copyright Scania 2018 All rights reserved. Scania Brasil, Av. José Odorizzi, 151 - Vila Euro, São Bernardo do Campo. SP. Tel: +55 11 4344-9333